Livros Conservados

Livros usados, saiba como preservá-los

Cuide de seus livros usados com dicas fáceis e práticas. Preserve essa fonte de conhecimentos que faz de você uma cabeça pensante.

Livros ampliam ideias e horizontes de vida
Livros conservados: mais cabeças pensantes

Conservar para prolongar a vida útil dos livros é também uma forma de preservar a capacidade de raciocínio e imaginação. Até porque eles marcam a história da civilização e se constituem em valioso legado da cultura.

Então vamos eliminar de vez os maus-tratos com os livros usados?
Eis aqui algumas dicas básicas para manter em bom estado o seu acervo literário.

De início, procure dar preferência a estantes de metal ou de aço com tratamento antiferruginoso e pintura epóxi-pó. Elas proporcionam melhor conservação dos livros usados.
Mas se a estante for de madeira, aplique uma camada de verniz na superfície onde os livros ficarão apoiados, ou coloque um vidro para separá-los da madeira. É uma forma de evitar a aproximação de insetos.

Recomenda-se ainda que a estante ou a prateleira fique afastada da parede e também do chão, porque essas superfícies contêm umidade que passa para os livros. Estes, como se sabe, são feitos de celulose e a possibilidade de degeneração é alta, logo, impedir o contato com a umidade eliminará possíveis enrugamentos de papel e futuras ocorrências de fungos e microrganismos, que acabam por atrair mofos e insetos.

Da mesma forma, a incidência de radiação natural e artificial também prejudica os livros, pois seu efeito é cumulativo e irreversível com danos irreparáveis.

Livro e sol, uma combinação danosa
Livro e sol não combinam

Isso leva a um processo de envelhecimento acelerado e ao consequente desbotamento das capas e das páginas do volume. É que a luz provoca a oxidação da celulose cujo resultado é a modificação da coloração das tintas, o que acarreta o amarelecimento do papel.

Para reduzir essa deterioração, é preciso evitar que os raios solares incidam diretamente sobre os livros. A iluminação sempre deverá ser indireta e nunca permitir que o sol ou as lâmpadas atuem diretamente sobre o papel.

Desse modo, aconselha-se utilizar filtros nas lâmpadas e manter persianas ou cortinas fechadas, a fim de bloquear os raios solares.

Mas lembre-se: o local de armazenamento dos livros necessita ser arejado, ou seja, tem que haver a circulação de ar. Estantes abertas, sem portas, facilitam a maior aeração, contribuindo para evitar a proliferação de microrganismos.
Se caso houver barreiras mecânicas que impeçam a filtragem de ar, use ventiladores e janelas abertas. Porém, não esqueça de colocar algum tipo de proteção nas janelas como, por exemplo, telas ou tecidos de algodão que desempenharão a função de filtro e de barreira contra a poluição.

Livro empoeirado acaba com a sua vida útil
Tire a poeira dos livros

Aliás, entre os poluentes mais reativos e agressivos aos acervos bibliográficos estão a poeira e os gases, que se tornam ácidos quando há queima de combustível.

A poeira, depositada dia após dia sobre os livros, juntamente com as substâncias suspensas na atmosfera poluída, causa sérios danos para a conservação do acervo. Provoca alterações de cor e de textura nas obras, interfere no seu aspecto estético e se constitui em uma fonte de contínua acidez e oxidações. Além disso,  ela produz o aumento da umidade na superfície dos papéis e nos cortes superiores ou na cabeça dos livros, possibilitando o surgimento de microrganismos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *