Jock Young fala de exclusão social e criminalidade

Sociedade Excludente no mercado de trabalho, nas relações civis e no sistema penal. Exclusão social e criminalidade por Jock Young.

Isolamento social

R$44,00. Compre agora

Obra faz uma análise sociológica das causas determinantes do fenômeno do crime e da criminalidade. Procura compreender o papel das políticas criminais, além de defender a urgência de se repensar a lógica do controle social.

Todas as transformações econômicas e culturais que ocorreram depois da passagem dos “anos dourados” ou do pós-guerra trouxeram instabilidade, insegurança e exclusão, fazendo com que o problema do crime piorasse ainda mais.

A partir da década de 1970 para cá houve um aumento do desemprego, do subemprego e da pobreza no mundo. E as políticas de assistência social foram pouco significativas para conter a desestabilização da vida familiar e comunitária,  o que acabou resultando em marginalização, exclusão social e criminalidade.

A Sociedade Excludente – exclusão social, criminalidade e diferença na modernidade recente

Autor: Jock Young
Tradução: Renato Aguiar
Ano: 2002. 320 págs.  Editora: Revan. Instituto Nacional de Criminologia
Livro em bom estado, sem rasuras

Frete Grátis em Presidente Prudente/SP

R$44,00

Adquira esse livro agora. Único exemplar


Vive-se hoje com uma constante erosão do respeito, tanto na politica quanto na vida pública, na sala de aula ou na família.
Acontece que a nova estrutura de produção do capitalismo mundial potencializou a situação de precariedade, além de fazer emergir uma cultura individualista exacerbada focada nos valores comuns do consumismo.

A unidade de valores que vigorava até então se fragmentou, deu lugar a uma sociedade pluralista em que o grau de insatisfação cresceu devido à privação. Isso fez aumentar a taxa de criminalidade, haja vista também que os novos mecanismos de controle social se tornaram obsoletos e deixaram de ser elementos de correção e inclusão.

Pensamento Criminológico

Sociedade Excludente. Exclusão social e criminalidade

Nessa conjuntura, as perspectivas criminológicas são outras e o fenômeno do crime também já não é mais o mesmo. A nova sociedade tem que lidar com um grau muito maior de dificuldade, por causa da incerteza material e econômica que permeia o viver atual, sem falar na diversidade cultural que resultou numa eclosão de pluralidades conflituosas de valores.

E o direito penal, nesse contexto, tem se tornado um instrumento poderoso de seleção e exclusão

Exclusão social e criminalidade

Sociedade Excludente de Jock Young

Young enfatiza a urgência de superar o paradigma da exclusão social. Ele argumenta que as próprias condições em que o processo de exclusão se desenvolve podem ser reprogramadas para uma sociedade mais agregadora e tolerante.
Nesse livro, o leitor verá que os problemas de justiça para comunidades dilaceradas pelo individualismo passam pela construção de uma nova cidadania. A solução mais adequada está numa modernidade mais reflexiva capaz de se articular dentro da democracia liberal, sem ignorar as transformações desse novo mundo desterritorializado.

Jock Young, autor do livro

Jock Young

Jock Young (1942 -2013). Criminologista e Sociólogo, ele foi um crítico reverenciado e um dos principais pensadores britânicos de influência global.
Obteve seus diplomas de graduação, pós-graduação e Ph.D. na London School of  Economics. Lecionou nas universidades de Middlesex e de Kent, na Englaterra.

Foi também professor ilustre de Justiça Criminal na universidade da cidade de Nova York.  Recebeu inúmeros prêmios ao longo de sua carreira, incluindo o Prêmio Sellin-Glueck da Sociedade Americana de Criminologia (1998) e o Prêmio Lifetime Achievement, da Divisão de Criminação Crítica da American Society of Criminology (2003).
Young sempre esteve na vanguarda dos desenvolvimentos da sociologia do crime e do desvio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *